domingo, 5 de abril de 2009

E SUMA COM ELES . . .


"Você pode pegar suas tias e tios ricos, seus avós e pais e todo seu petróleo nojento.

E seus sete lagos, seus perus selvagens e búfalos. E todo o Estado do Texas, incluindo suas granadas e seus passeios noturnos de sábado.

Sua biblioteca barata e seus conselheiros desonestos e seus artistas bestas...você pode pegar tudo isso e seu jornal semanal e seus tornados,e seus rios imundos e todos os seus gatos histéricos e sua assinatura da Time, e suma com eles, e suma com eles, e suma com eles, querida!" Bukowski

3 comentários:

Nandara Sakamoto disse...

Esse poema bateu fundo na veia ontem. Ainda mais qnd o cara veio e declamou ele! Poxa, o show podia ser só aquela musica, marcou pakas!

Anderson Augusto Soares disse...

Verdade, Nandara. Poema franco, aberto.

Uma revolta que se justifica. Uma justiça, envolta em comoção.

DANNY disse...

nossa, não tinha lido ainda esse poema Loly...ele retrata bem a realidade social,que muitos se alienam e não conseguem, não querem ver!