segunda-feira, 23 de novembro de 2009

MOBILIZAÇÃO ESTUDANTIL ARRASTANDO TODA MASSA

Dia 17/11/2009 Ribeirão Preto viveu dias de muita mobilização com uma juventude disposta a mudar os rumos de nossa cidade, em uma das escolas que mobilizamos para o congresso da UPES a situação estrutural está uma lástima, com falta de água nos banheiros, apagões durante as aulas, ventiladores que queimam sistematicamente, escola esta que foi reformada há pouco tempo, sendo gasto mais de quatro milhões em sua reforma, com a empresa responsável pela reforma sendo multada pelo município por irregularidades neste trabalho que visivelmente demonstra o mau uso das verbas públicas, sendo necessário que se invista mais de 1 milhão para consertar o que não foi feito na reforma, um descaso e desrespeito aos alunos, pais, professores e toda população de Ribeirão.

Diante disto os alunos que participaram como delegados no congresso da UPES junto com outros estudantes entraram em contato comigo neste dia 17 para ver o que poderíamos fazer para denunciar e resolver estes problemas que todos enfrentam nesta escola, sendo assim decidimos sair em passeata até a câmara municipal da cidade com todos os alunos para denunciar a população e para os vereadores o descaso que se encontra nesta escola, ocupamos a câmara municipal exigindo usar a tribuna para denunciar tais irregularidades, mas infelizmente por uma questão burocrática nos foi negado este acesso neste dia, foi encaminhado que na próxima sessão poderíamos usar a tribuna, mas mesmo na plenária todos entoavam bem alto a palavra de ordem:

“É ou não é piada de salão tem dinheiro para empreiteiro, mas não tem para educação”, dentre outras como exigência de eleição para diretores e passe livre estudantil.

No dia seguinte decidimos aprovar um documento em assembléia com todos estudantes e partimos em passeata até a prefeitura, fomos recebidos pelo secretário da casa civil e pelo de obras, que ouviu as demandas dos estudantes e logo depois a prefeita também chegou para ouvir e receber nosso documento que foi assinado pela mesma se comprometendo com as lutas estudantis, mas acreditamos que não basta assinar e receber nossas reivindicações, mas sim efetivar propostas de avanços para nossa educação e para tal nós estudantes secundaristas, universitários em conjunto com as entidades estudantis não vamos vacilar em ocupar os espaços democráticos da cidade para sermos ouvidos em nossas demandas, na sessão do dia 19 como foi encaminhado, novamente fomos até a câmara e usamos a tribuna para dizer a população de nossa cidade as revindicações dos estudantes.

2 comentários:

Guerrilheiro Ribas disse...

esse é o exemplo da Luta do movimento Estudantil !!!

cada ação tomada pelos estudantes de Ribeirão faz parte de um processo cada vez mais proximo a reconstituição do movimento Estudantil na cidade. Parabéns aos Guerreiros,(e de legados do congresso da UPES, que demonstram o quanto é importante a organização do Movimento estudantil

Saudações Estudantis

Ismael Mota

Dérique 3 disse...

Parabéns para a UPES ..........

Isso mostra que a UPES está orgnaizada na base ...........

Exemplo são essas mobilizações entre outras que devem estar acontecendo em inumeras escolas .......

Parabéns a UPES